Não sei o que queres dizer com glória, disse Alice.
Humpty-Dumpty sorriu, com desprezo. Claro que não, até que eu te diga. Quero dizer "aí tens um belo argumento que te arruma!"
Mas "glória" não significa um belo argumento que te arruma
, objectou Alice.
Quando eu uso uma palavra, disse Humpty-Dumpty, em tom de escárnio, ela significa o que eu decidir que significa, nem mais nem menos.
O problema é, disse Alice, se se pode obrigar as palavras a significar tantas coisas diferentes.
O problema é, disse Humpty-Dumpty, quem manda. Apenas isso.

Lewis Carroll, Alice no país das maravilhas




rascunhos
de
abordagens
(eventualmente)
literárias



GNM


Nasci muito perto do fim dos anos 70. O meu nascimento aconteceu às primeiras horas de um dia gelado de Dezembro, e, desde aí, jamais consegui libertar-me do frio que se fazia sentir naquele dia. A normalidade foi algo que durante toda a vida inconscientemente ansiei, mas sempre recusei. Em criança ela espreitava-me durante a noite, olhando-me do lado de fora da janela. E eu, fingindo não a ver, fechava as cortinas...

A noite avança...

⊆ sábado, julho 15, 2006 por GNM | . | ˜ 53 comentários »

A noite avança com a suavidade de um lençol de seda negra
que me envolve, me seduz, me perturba.
Onde, sujo e esfarrapado, escrevo imperturbável.

Para trás ficaram rostos gastos.
Corpos de coração esquecido em qualquer parte.
Ruas que são folhas manuscritas com as nossas vidas.
Esquinas, ruelas, becos, tatuados com este fluir inevitável.

Ainda viverá alguém nesta cidade?
Ou estará oca, vazia, como a casa abandonada no topo da montanha…

Gente, gente e gente, passa e repassa diante dos meus olhos.
Mas tu, quem os meus olhos nunca viram, despertas
as palavras e estilhaças o silêncio em que aprendi a viver,
espelhando na transparência o horizonte que invento
e a vontade de pegar-te nas mãos e perder-me
contigo enquanto todos dormem.

A minha vida tem sido somente uma espera interminável,
por alguém que é apenas um fugaz pressentimento
.


53 respostas a A noite avança...

  1. miosotis Says:
    Gostei particularmente deste teu poema e o q ela encerra - sentimento de espera de um ser, q como tu mm disseste, pode "apenas ser um fugaz pressentimento".

    Belo tema de Sigur Ros!

    bjs em tons de fim de semana
  2. lazuli Says:
    a tua poesia é um rasto de luz . Miriades de cores e sensações e olhares passam por elas, num acto de magia.

    beijos

    (não escapas do autógrafo)
  3. digoeu Says:
    obrigada pela visita!!
    está belíssimo este teu post!!
    ;)
    deixei-te a resposta em comentário lá no blog!!
    ;)
  4. digoeu Says:
    chegaste a ler o post anterior??
    ;)
  5. Paula Raposo Says:
    Não vale a pena comentar. Já sabes o que eu penso do que escreves. Mas posso deixar as minhas palavras " enrolo-me nas tuas asas coloridas para te perder todas as vezes como se não estivesse aqui". Beijos.
  6. MoonLight Says:
    Ainda que esperes esse alguém, não deixes de procurar... Na procura da esperança, quem sabe não surge quem tanto esperas! Adorei o poema. Bjs de Luz
  7. catarinia Says:
    Oh, Gonçalo... Hoje li-te desalento.
    Serás tu que soas mais triste, ou eu que soo mais feliz?
    É um poema muito bonito, como sempre. Mas de uma beleza tão... desalentada? Assim parece não saber tão bem.

    Beijo grande!
    e bela musiquinha! ;)
  8. Aran Says:
    Que essa espera não te cegue... pois por vezes os olhos procuram no longíquo, o que acha de perto... O mais importante é estares atento e receptivo... para que o que esperas aconteça... Deus queira que sim!!! Um beijinho grande e inté
  9. Joaninha Says:
    Que te dizer? Não sei! Tão belo,tão profundo, tão comigo! Gostei mesmo. Um beijinho para ti
  10. segurademim Says:
    ... noites quentes de insónia, o pensamento voa e fazem-se monólogos individualizantes de sentidos

    beijo, bom fim-de-semana
  11. lena Says:
    dizer-te o quê Poeta? sabes que ler-te é um prazer,
    é um alimentar-me de tão bela poesia

    queria saber parar a noite...

    mas para te ler sempre Gonçalo

    o meu beijo

    lena
  12. Martuxa Says:
    A noite =P
    Beijinhos ENORMES sim?
  13. Thiago Forrest Gump Says:
    Gostei da última fala.

    Serceria para várias pessoas!



    Bom fds
  14. carla Says:
    hum, mais um para arrasar. abraço para vc e fica com Deus.
  15. TMara Says:
    Gonçalo, em 1º lugar obrigada pela simpática dedicatória.
    O livro' esse li e...estou a ler!
    vem provar o k já sabia daqui: temos poeta.
    obrigada pelas partilhas, aqui e no papel. Bjs e bom domingo
  16. Lua Obscura Says:
    "A minha vida tem sido somente uma espera interminável,
    Por alguém que é apenas um fugaz pressentimento"...
  17. Angel of Obscurity Says:
    Simplesmente divino este teu texto, a musica, este teu espaço! Hhmm, adorei!!

    Procura a esperança que te ajudará nessa espera.. Procura acreditares sempre!

    Te espero no meu reino da obscuridade!!


    Um abraço deste Angel**
  18. Lua Obscura Says:
    Dá um pulinho até ao meu universo. Tenho um novo post.
  19. A. Says:
    ...e eu faço parte dessa gente que passa e repassa diante dos teus olhos...e não estendes sequer a mão.

    somos dois...a esperar esse fugaz pressentimento.

    um beijo Gonçalo Nuno.
  20. Isabel José António Says:
    Olá Amigo Gonçalo,

    Parabéns pelos excelente poema.

    A espera, a indiferença, a paixão, a ternura ou o quer que seja, estão todos dentro de nós. Podemos estar fartos, doridos mas só temos que procurar tudo dentro de nós mesmos.

    Que maravilha de poema.

    Um abraço

    José António
  21. Aleisa Says:
    Muito lindo este teu poema...


    Um beijinho
  22. Cláudia Says:
    E será que é possível viver sem que a nossa vida seja sempre uma espera?

    Se calhar às vezes temos que parar para esperar até por nós próprios.

    Lindas palavras e linda melodia.

    Beijinhos ***
  23. zecadanau Says:
    Mas a vida é isso mesmo pá!
    "Há sempre qualquer coisa que está para acontecer...o quê?...não sei"

    Um @bração do
    Zeca da Nau
  24. Cacau Says:
    Passeio-me por aqui à espera de alimento :)

    Gostei, gostei!

    BEijo
  25. gato_escaldado Says:
    gostei muito do poema. apreciei particularmente os últimos versos.

    abraços
  26. ≈♥ Nadir ♥≈ Says:
    "E a vontade de pegar-te nas mãos e perder-me
    Contigo enquanto todos dormem.
    A minha vida tem sido somente uma espera interminável,
    Por alguém que é apenas um fugaz pressentimento."


    Fica o eco das tuas palavras no siléncio da minha mente...

    beijos e boa semana
  27. Rui Says:
    É sabido que quem muito espera, desespera.
    Mas não é inevitável.
  28. Anónimo Says:
    Um poema sentido, expressando sentimentos distintos, e muito bonito.

    A solidão, o vazio mas o apelo à esperança...
    É curioso que dei e dou muita importância, ou melhor, tem para mim especial significado o acto de pegar nas mãos. E tudo o que represente esse acto é sempre entendido de forma positiva.

    Neste poema particularmente, reflecte o desejo de amar, ou pelo menos o de concretizar o amor.

    'Mas tu, quem os meus olhos nunca viram, despertas as palavras e estilhaças o silêncio em que aprendi a viver'.E no meio de tantas impossibilidades, eis uma certeza: mesmo sem ver ainda assim sentir.

    Parabéns poeta.

    Cumprimentos
  29. Kita Says:
    É sempre uma aventura abrir este teu espaço e ler-te... aventuro-me sempre por cada palavra e em cada retrato que fazes, consegues sempre seduzir a minha alma com doces sentimentos. Fico calma em presença das tuas palavras. Uma calma feliz... Essa tua espera parece não dar em nada... Esperar "por alguém que é apenas um fugaz pressentimento." é tão pessimista... e foi dos versos que mais gostei ;)

    Um beijinho,
    Kita
  30. zita Says:
    Os Poetas têm uma alma maior, não te permitas perder dentro dela..
    Beijo grande
  31. HatA/mãe Says:
    Podes esperar, 53 vezes e outras 53 e mais e mais... que mesmo depois de "irmos" ficará sempre a noite...sempre, para quem chega a seguir a nós.

    A noite não nos pertence...alguém no la emprestou, mas temos a liberdade de fazer dela o que queremos...

    Muito bonito o que escreves sempre.

    Bjs
  32. A Cor do Mar Says:
    Passei para te deixar um beijinho*
  33. Lucia Says:
    devagarinho devagarinho chega qualquer coisa:)
    beijinhos

    as tuas palavras continuam sublimes*
  34. SusanaV Says:
    A tua poesia faz-me sonhar.


    um beijo
    susana
  35. amita I Says:
    Interrompida.....
    Voltarei mais logo
    Um bjinho grande
  36. amita I Says:
    Olá Gonçalo

    Um belo poema onde se vislumbra uma réstia de "verde" nessa seda negra que avança...
    Agradeço-te a simpática dedicatória e, como não podia deixar de ser, vou-me encantando com os teus versos.
    Desculpa o comentário acima mas fui interrompida pelos técnicos da TV Cabo e não queria passar por aqui sem te deixar uma palavra.
    Um bjinho e uma flor
  37. Pink Says:
    Poema belo em que se adivinha uma certa melancolia, se não tristeza, mas que termina com aquela réstea de esperança que nos faz seguir em frente de cabeça erguida.

    Um beijo
  38. MiaHari Says:
    Sentimento, música, palavra e... escrita, de mãos dadas por caminhos sonhados!

    Lindíssimo!
    Valeu a pena, obrigado por este belo momento.
    Um abraço.
  39. marcox Says:
    é bem!
  40. Anónimo Says:
    "A minha vida tem sido somente uma espera interminável,
    Por alguém que é apenas um fugaz pressentimento."

    lindo, profundo...

    fica bem poeta!
  41. A. Says:
    ...meu doce Gonçalo Nuno.
    venho deixar-te o meu beijo.
    vou indo.ver coisas mais bonitas.
    vou ver o mar e sentir o sol.
    até breve meu querido.


    para a próxima...diz-me olá.
    pode ser??
  42. Carla Says:
    Como sempre palavras que nos enlaçam...
    Bj
  43. Andrye Says:
    Deixo um bj cheio de saudades..e c mta pressa me volto a despedir.. ah e eu kero um exemplar personalizado pode ser..? beijo grande**
  44. segurademim Says:
    já estou a preparar-me para ir de férias... dentro em breve sairei!

    beijo e votos de dias felizes para ti :)
  45. aflores Says:
    Já era noitinha quando cheguei de férias...de ver o mar, sentir o sol...o cheiro do ar livre, do pinhal...o cantar dos pássaros. Adorei ler teu livro. Diria que o "Nada" pode perfeitamente ser substituido por MUITO. Grande e sentido abraço.
  46. miosotis Says:
    Deixei umas palavras de afecto, em meu espaço, para tds os q me acolheram com carinho.

    Este tema de Sigur Rós continua a tocar-me profundamente! A parte instrumental é belíssima, bem como o solo inicial dos teclados!

    bjs e bom f-s!

    Ainda ñ me falaste do 'novo título'?! Se assim quiseres...
  47. Luís Says:
    Olá Gonçalo:
    Nem sempre deixo comentário mas tenho vindo a acompanhar o blog e os teus escritos. Espero, sinceramente, que a inspiração continue como até aqui...
    Um grande abraço
  48. zita Says:
    Olá gonçalo:
    Não deixes de deixar os teus post para nós, afinal é uma forma fantastica de ir acompanhando as tuas palavras.
    beijo
  49. amartejo Says:
    Há uns tempos que não vinha aqui, continuo a gostar da maior parte do que escreves. Não te canses da escrita..aperfeiçoa-te antes...
  50. Claudia Sousa Dias Says:
    Melancolia...

    mas não te falta inspiração!

    Beijos


    CSD
  51. Ni Says:
    «(...)
    A minha vida tem sido somente uma espera interminável,
    Por alguém que é apenas um fugaz pressentimento.
    (...)»

    Gosto do modo como escreves! Gosto muito. Escrita fluida, sem 'talhas douradas' barrocas... emoção pura.
    A verdadeira literariedade está na simplicidade. Escreves como quem respira... com naturalidade.
    ...

    Quanto ao conteúdo... sorriso... os teus textos têm o odor de searas de afectos...

    ...
    'pressentimento'... o pré-sentimento... já é sentir. Sentir 'alguém' já pres(s)ente, apesar da mão estendida, sozinha, em voo de uma asa apenas, ainda não tocar a seda de uma rota cruzada de outra mão...
    ...

    Como escrevi numa tentativa de blog meu: no preciso momento em que inicias essa busca de alguém... a outra parte inicia-a também... e só terás de fazer meio caminho...

    Sorriso.

    Voltarei para te ler com mais tempo.

    Abraço de vento...

    Ni*
  52. Anónimo Says:
    That's a great story. Waiting for more. Crochet swimsuit Shareware developers http://www.top-ten-mp3-players.info 10 prozac Order generic nexium Free video asians sex
  53. Anónimo Says:
    Where did you find it? Interesting read » » »

= Leave a Reply