Não sei o que queres dizer com glória, disse Alice.
Humpty-Dumpty sorriu, com desprezo. Claro que não, até que eu te diga. Quero dizer "aí tens um belo argumento que te arruma!"
Mas "glória" não significa um belo argumento que te arruma
, objectou Alice.
Quando eu uso uma palavra, disse Humpty-Dumpty, em tom de escárnio, ela significa o que eu decidir que significa, nem mais nem menos.
O problema é, disse Alice, se se pode obrigar as palavras a significar tantas coisas diferentes.
O problema é, disse Humpty-Dumpty, quem manda. Apenas isso.

Lewis Carroll, Alice no país das maravilhas




rascunhos
de
abordagens
(eventualmente)
literárias



GNM


Nasci muito perto do fim dos anos 70. O meu nascimento aconteceu às primeiras horas de um dia gelado de Dezembro, e, desde aí, jamais consegui libertar-me do frio que se fazia sentir naquele dia. A normalidade foi algo que durante toda a vida inconscientemente ansiei, mas sempre recusei. Em criança ela espreitava-me durante a noite, olhando-me do lado de fora da janela. E eu, fingindo não a ver, fechava as cortinas...

Amo-te todos os dias III (continuação)

⊆ domingo, abril 30, 2006 por GNM | . | ˜ 33 comentários »

E embriagar-me no perfume do teu cabelo,
E morrer de inveja
Do tailleur azul que te abraça,
E sentir um tremor de fogo
Trepar-me quando me tocas.
E preencher as palavras cruzadas
De todos os jornais do café
Com as seis letras do teu nome,
Ignorando as instruções de preenchimento.
E fechar os olhos quando te quero ver
E tu não estás junto a mim,
E ver-te emergir
Na tela infinita da minha imaginação,
E cegar como se a luz do teu olhar
Fosse um raio de sol a incidir sobre o meu,
E finalmente abraçar-te e sentir-te
E delirar a ouvir-te
E viver,
E sorrir quando oiço
O homem chato das calças verdes
Perguntar ao empregado do café:
-Ó Mendes, quem é o palhaço que
Anda a dar cabo das palavras cruzadas
?


33 respostas a Amo-te todos os dias III (continuação)

  1. Eli Says:
    A continuação de uma carta de amor em forma de poema.

    Continuas a trepar pelos pormenores fazendo subtilmente sobressair a imaginação, preciosa numa relação de afecto que descreves!

    Mais!

    :)
  2. Alexandra Says:
    Quanto mais se lê, mais vontade dá ler de novo!

    Parabéns!

    Obrigado pelas tuas palavras... trata-se de facto de um mito!

    Beijinhos!!!

    :)
  3. digoeu Says:
    muito bonito, como os anteriores dois!
    ;)
  4. agua_quente Says:
    E...e...e...são tantas coisas, não é? Tu põe-las em poema de uma forma belíssima.
    beijos
  5. A Cor do Mar Says:
    Lindo lindo : ) Beijinho e bom feriadio ***
  6. Isabel José António Says:
    Parabéns! Tem vida, côr, ambiente, cativa e seduz... Bem escrito e forte.
    Gostei imenso e fez-me sorrir, por causa do homem das calças verdes...

    Cantar assim um amor é transpô-lo para o canto da quotidianidade otrnada mágica pelo amor...

    Que tenhas sempre muitas razões para estragar as palavras cruzadas!

    Um abraço,

    Isabel
  7. Mary wants a little Lamb Says:
    Ai! Quero uma carta parecida! Ou só alguém que me pergunte quem anda a dar cabo das palavras cruzadas!
  8. LagriSangMort Says:
    no dia que deixares de escrever uma parte de todos os que visitamos este teu cantinho desaparecerá para sempre:)
  9. Marisela Says:
    Andas a escrever bonitas cartas.
    Continuas lindamente a fazer sorrir.

    Novos lugares para conheceres.
    beijinho
  10. Bia (min_lx) Says:
    Continua, please, que prazer ler-te!!!!!!
    Até podes dar cabo das palavras cruzadas, mas estas cuza-las bem demais. :))
    Beijokas
    Bia
  11. Miguel Girassol Says:
    cruzes. gostei
  12. Pilantra Says:
    Viva o Primeiro de Maio!


    Abraço e bom feriado!
  13. Cacau Says:
    Gosto-te :)

    Beijo grande
  14. Joaninha Says:
    Mais um interessante trabalho! Gostei!
    É verdade! desenhei (num dia de inspiração) e desenho e pinto às vezes... mas de artista, não tenho nada, embora gostasse de o ser.
    Beijinhos para ti
  15. TMara Says:
    e chego ao fim comum doce e suave sorriso. Bjs e ;)
  16. Martuxa Says:
    E depositar-te um beijo doxe, e sussurar-te o qt gosto de ti =D
  17. Paula Raposo Says:
    Adorei!!! O humor final ficou delicioso!! Beijinhos.
  18. a.s. Says:
    "o fim"

    a tristeza é a cona da morte
    tem a testa alta e a boca funda
    aparta os lábios e suga-me em saliva podre
    bloqueia-me as guelras com os pelos púbicos
    desata a cuspir-me insectos nos olhos
    não consigo ver nada
    ouço as paredes genitais a ranger
    apertam-me os passos
    segregam excremento
    cheiram a merda
    sinto-me mal, sabes?
    estou triste por não morrer
    *
    estou em http://autopsiadadecadencia.blogspot.com
    um grande beijinho,
    alice
  19. ≈♥ Nadir ♥≈ Says:
    é tão bonito amar assim...
    bjx
  20. poemar Says:
    Continuaste a saga e muito bem. Ainda bem que gostaste do meu texto; tenho um medo danado de escrever prosa. Tudo de bom.
  21. lique Says:
    É bom ler um poema de amor ligado às coiss simples da vida. Porque nelas o amor se reflecte. Assim.
    beijos
  22. Claudia Perotti Says:
    Ficas sem jeito depois de me ler??? Não fica não ... são só letrinhas ... elas não mordem!

    Adoro as tuas letrinhas recheadas de intensidade! E não fico sem jeito depois de te ler ... risos (brincadeira)

    Beijinhos, querido!
  23. Thiago Forrest Gump Says:
    Totalmente apaixonante!


    :)
  24. greentea Says:
    que bom nunca deixarmos de ser a criança q há em nós para podermos amar assim

    e escrever o nome dela (e) em todas as palavras cruzadas que houver
    sem seguir as instruções!
  25. greentea Says:
    deixei-te um desafio , lá no meu canto

    para dar continuidade

    urgente
  26. Luís Says:
    Tirando o Mendes...o das palavras cruzadas....poderia ser eu...mas não costumo ser chato...
    :-)
  27. as velas ardem ate ao fim Says:
    parabens e lindo!
  28. Carmem L Vilanova Says:
    Teus poemas sao verdadeiramente lindos!
    Hoje, ao fim, retorno. Estive de mudança de casa, milhoes de coisas para arrumar, e para completar, mais de um mês sem internet e depois, uns quantos dias com a conexao sem funcionar bem... mas felizmente cá estou outra vez, para ler-te, saber de ti, e dar notícias de mim também.
    Beijos, flores e muitos sorrisos para ti!
  29. Insolente Says:
    é so para deixar claro á malta e tal que oprazerdainsolencia tá vivo se bem que com alguma comixão no mindinho do pé esquerdo... mas pronto tá vivo... sem mais assunto, ora entao um grande bem haja
  30. Kita Says:
    Continuas cada vez mais a fazer-me sonhar com as tuas palavras simples de um significado indescritível... a cena das palavras cruzadas só com o nome dela... bem, tá lindo. um beijinho.
  31. Carla Says:
    ..cartas de amor necessarias!
  32. Clitie Says:
    Adorei!!

    Bjks e bom fim de semana.
  33. amartejo Says:
    Como todos os artistas, tens dias melhores e piores, mas este em que escreveste este poema foi muito inspirado, parabéns

= Leave a Reply