Não sei o que queres dizer com glória, disse Alice.
Humpty-Dumpty sorriu, com desprezo. Claro que não, até que eu te diga. Quero dizer "aí tens um belo argumento que te arruma!"
Mas "glória" não significa um belo argumento que te arruma
, objectou Alice.
Quando eu uso uma palavra, disse Humpty-Dumpty, em tom de escárnio, ela significa o que eu decidir que significa, nem mais nem menos.
O problema é, disse Alice, se se pode obrigar as palavras a significar tantas coisas diferentes.
O problema é, disse Humpty-Dumpty, quem manda. Apenas isso.

Lewis Carroll, Alice no país das maravilhas




rascunhos
de
abordagens
(eventualmente)
literárias



GNM


Nasci muito perto do fim dos anos 70. O meu nascimento aconteceu às primeiras horas de um dia gelado de Dezembro, e, desde aí, jamais consegui libertar-me do frio que se fazia sentir naquele dia. A normalidade foi algo que durante toda a vida inconscientemente ansiei, mas sempre recusei. Em criança ela espreitava-me durante a noite, olhando-me do lado de fora da janela. E eu, fingindo não a ver, fechava as cortinas...

Abraça-me

⊆ sábado, janeiro 21, 2006 por GNM | . | ˜ 39 comentários »

Como um fantasma misterioso, tu, sejas quem fores,
Levitas, invisível, nos vis corredores do meu mundo.
Desconheço-te. Ignoro os teus traços, as tuas cores,
Mas sinto o teu cheiro, um suave perfume profundo.

Quando te verei atravessar a minha sala? Perdoa-me.
Sim, perdoa-me por denunciar esta pueril ansiedade,
Mas o crepitar das palavras contagiadas, magoa-me.
Dá-me um sinal. Diz-me que existes. Que és verdade.

Existo só no fim da noite, onde existes tu, verdadeira.
Estou enlouquecido, tão perfeitamente enlouquecido,
Que vou encontrar-te entre as sombras da vida inteira,
Olhar-te nos olhos, respirar-te, encontrar-me perdido.

Emerge agora deste desconjunto de sonhos e poesias,
Existes em mim, tudo o que sou, que escrevo, que faço.
Vem, sem perder tempo. Vem até mim, de mãos vazias,
Dá-me a melhor prenda que jamais recebi: o teu abraço.


39 respostas a Abraça-me

  1. lena Says:
    vim ler-te no principio da noite, respirar um pouco da tua poesia e vim dar-te um abraço, mesmo que não seja este que desejas

    é tão bom ler-te

    beijinhos muitos

    lena
  2. Martuxa Says:
    Abraça-me esta noite...
    Sorrisos e beijos
    =P
  3. menina graça Says:
    Do desconjunto dos teus sonhos e poesias, ressalta a beleza e o anseio por algo ou alguém. Virá. :)
  4. ≈♥ Nadir ♥≈ Says:
    Sem palavras, para comentar as palavras sembre belas que encontro por aki...

    Bjx e bom fim de semana
  5. ≈♥ Nadir ♥≈ Says:
    Sem palavras, para comentar as palavras sembre belas que encontro por aki...

    Bjx e bom fim de semana
  6. Aran Says:
    Será o chamamento da Musa?! Mhmmm... parece-me que não te falhou... Está magnifico! beijinhos
  7. Betty Branco Martins Says:
    Palavras não tenho – para o que eu li
    de tão belo – então que fique - o poema...

    “Desconheço-te.
    Ignoro os teus traços,
    as tuas cores”

    Procuras
    as palavras que te descobre
    o desejo
    fala-te... a noite

    “Mas sinto o teu cheiro
    um suave perfume profundo”.

    Sou eu
    quem te diminui
    o perímetro do corpo
    com a minha sombra
    mas...
    entrega-te essências
    quentes de um
    abraço.

    Beijinhos

    Bfs
  8. Cacau Says:
    Gosto, gosto sempre muito do que tu escreves!! :)

    Obrigada pelo teu apoio querido!

    Beijo enorme e bom resto de fds
  9. Pink Says:
    Lindíssinmo poema de apelo, de desejo, de anseios, de sonho ...

    Um beijo
  10. Rita Says:
    Um abraço de carinho, um abraço de amizade, um abraço de desejo ou um abraço de amor... Simplesmente o "teu abraço"...

    Não descanses dos sonhos...

    Um beijo.
  11. Paula Raposo Says:
    Tinha saudades de te ler, tinha! Acalmaram-se um pouco neste momento...abraço-te, mas também te beijo...
  12. ausencia fatal Says:
    Ao longo dos meses falei a ele palavras de puro amor,
    mas ele não percebeu.

    Se erros eu cometi, foram todos honestos,
    reações apenas aos seus erros deliberados,
    mas ele não percebeu.

    Suportei com paciência sua altivez, arrogância e frivolidade,
    mas ele não percebeu.

    Fui degrau para que ele atingisse maiores alturas,
    mas ele não percebeu.

    Fiz com que manifestasse sua melhor performance,
    mas ele não percebeu.

    Fui a sustentação para que ele realizasse velhos projetos,
    mas ele não percebeu.

    Avisei-lhe de seu ego distorcido e orgulho desmedido,
    mas ele não percebeu.

    Fui saindo de sua vida de mansinho,
    mas ele não percebeu.

    Seccionei os canais de amor e luz com os quais o nutria,
    mas ele não percebeu.

    Começou a definhar qual parasita apartada do tronco,
    mas ele não percebeu.
  13. A.na Says:
    Voltaste a escrever...meu
    querido.Tão bonito.Sempre.

    Se quiseres receber...
    deixo por cá o meu
    mais forte e doce abraço.

    Vazias...as minhas mãos
    por ti Gonçalo.
  14. Cadelinha Lésse Says:
    Eu existo, sou verdade e cheiro a cão. Sou a Cadelinha Lésse!!!
  15. Claudia Perotti Says:
    Uauuuuu
    As tuas palavras tiraram-me o fôlego!

    Escreves muito bem!

    Beijos
  16. ¦☆¦Jøhη¦☆¦ Says:
    Palavras fortes e verdadeiras... gostei

    Abraço, João.
  17. Aromas Do Mar Says:
    Desculpa as ausências, mas fui tia pela primeira vez e ando a curtir o sobrinho :)

    Boa semana

    Beijos da Lina
  18. pluma(princesavirtual) Says:
    impressionas-me pela forma como escreves :) beijos (recatados) da Princesa
  19. BloodyMary Says:
    Um abraço que entrelaçe as almas no expoente do sentir...

    Lindíssimo**
  20. digoeu Says:
    muito bonito!
    ;)
  21. marcas Says:
    Como sempre, lindíssimas palvras a construir cadeias de sentimentos e...de admiradores...bju
  22. Claudia Perotti Says:
    A música é de quem?
    Linda!
    Beijos
  23. Cláudio B. Carlos (CC) Says:
    Oi!

    Belo poema.

    Abraços do CC.
  24. Andrye Says:
    Adoro ler-te..os teus textos transmitem-me paz..beijinho grande**
  25. Kita Says:
    Um grande poema ansiando o amor... um amor que parece ter tanto de sofrido como de belo. "Dá-me um sinal. Diz-me que existes. Que és verdade."

    "Existes em mim, tudo o que sou, que escrevo, que faço." Este verso lembra-me um outro poema que tb tanto gosto, de W.H.Auden, onde se lê:

    "He was my North, my South, my East and West,
    My working week and my Sunday rest,
    My noon, my midnight, my talk, my song;
    I thought this love would last forever: I was wrong."

    Um beijinho.
    Kita
  26. simplesmente...mais eu Says:
    lindo...já tinha saudades do que escreves...
    Beijokas
  27. lazuli Says:
    abraça-me.
  28. singularidade Says:
    Simplesmente belo,adorei!
    deixo- te um abraço.
  29. Neith Says:
    Nem tenho palavras para descrever o que senti...simplesmente adorei e apetece-me apenas deixar-te um enorme abraço :)
  30. blue note Says:
    Só um abraço é pouco para tamanha sensibilidade. Oh quem te abraçar ficará para sempre nos teus braços e eu ficarei muito feliz por ti, lindo poeta lindo.

    Beijo e muitos abraços.
  31. Pau de Fósforo Says:
    Vim actualizar a leitura e ... pronto.
    Na mouche... mais uma vez!
    Logo lá estaremos!!
  32. Insolente Says:
    eu como homem que sou tenho de desatar a dizer asneiras quando leio estas coisas, apenas para impedir que as lagrimas de sentimento tomem conta de mim tás a ver ou nao? fantastico és o maior... ora entao um magnifico bem haja
  33. zahaara Says:
    Que lindo
  34. isa xana Says:
    senti uma inveja (saudável, claro!) pelo teu poema... rimaste de forma tão natural, ficou tão bonito... eu quando tento fazer uma rima pareço uma miúda de 5 aninhos!!!

    *
  35. badger Says:
    Muito muito Lindoooo!!!

    Simplesmente belo!!
    Parabéns
  36. Aramis Says:
    O toque de mãos ausentes percorrem na minha imaginação tudo aquilo que um dia não disse...o meu corpo envolto num anonimato cruel e infinito.
    Sofre para escreveres, meu caro tocador de sentimentos.
    Aramis
  37. Anónimo Says:
    That's a great story. Waiting for more. »
  38. Anónimo Says:
    That's a great story. Waiting for more. »
  39. Anónimo Says:
    What a great site film editing classes

= Leave a Reply