Não sei o que queres dizer com glória, disse Alice.
Humpty-Dumpty sorriu, com desprezo. Claro que não, até que eu te diga. Quero dizer "aí tens um belo argumento que te arruma!"
Mas "glória" não significa um belo argumento que te arruma
, objectou Alice.
Quando eu uso uma palavra, disse Humpty-Dumpty, em tom de escárnio, ela significa o que eu decidir que significa, nem mais nem menos.
O problema é, disse Alice, se se pode obrigar as palavras a significar tantas coisas diferentes.
O problema é, disse Humpty-Dumpty, quem manda. Apenas isso.

Lewis Carroll, Alice no país das maravilhas




rascunhos
de
abordagens
(eventualmente)
literárias



GNM


Nasci muito perto do fim dos anos 70. O meu nascimento aconteceu às primeiras horas de um dia gelado de Dezembro, e, desde aí, jamais consegui libertar-me do frio que se fazia sentir naquele dia. A normalidade foi algo que durante toda a vida inconscientemente ansiei, mas sempre recusei. Em criança ela espreitava-me durante a noite, olhando-me do lado de fora da janela. E eu, fingindo não a ver, fechava as cortinas...

Chuva

⊆ sexta-feira, setembro 09, 2005 por GNM | ˜ 21 comentários »

Repentina de improviso,
Antes da hora marcada,
Sem licença nem aviso,
Chega a chuva viajada.

Já foi mar que já foi rio,
Chegado à foz da nascente,
Já foi neve em dia frio,
Já foi nuvem, já foi gente.

Vejo-a da minha janela,
São tantas as formas da água,
Olho-a hoje, julgo-a bela,
Já foi lágrimas de mágoa!


21 respostas a Chuva

  1. Friedrich Says:
    Profundamente bonito, sabe bem ler poesia assim, é o meu género.

    Beijos
  2. Cerejinha Says:
    Uau!De repente parecia que estava a ler Augusto Gil na sua Balada da Neve!
    :-)

    Bom fim-de-semana!
  3. A Cor do Mar Says:
    gostosa esta chuva ;)) Beijoca e bfsemana*
  4. salseira Says:
    mas que belissimo poema (:

    deixa-a estar que até ja fazia falta!*

    beijinhos
  5. Lyra Says:
    eu gosto da chuva. (parece) lava tudo. Quase que lava a alma. um abraço.
  6. Anjinho Says:
    Olá!
    Gostei muito do que li, simplesmente bonito. A música ajuda a dar clima! :D
  7. Anjinho Says:
    Olá, de novo, obrigado pela tua visita!
    Vou-te linkar também! :)
    Mudaste de música, bom gosto!
  8. kathy Says:
    adorei...
  9. Rosario Andrade Says:
    Por vezes, nada melhor que a chuva para abluir a alma. Tao bom o cheiro de terra molhada! Principalmente depois do verão infernal...
    Abracicos!
  10. Iara Says:
    Que belo este poema. Mergulhei completamente em suas palavras e gostei da simbologia que vc criou. Bom final de semana. Bjos.
  11. Paula Raposo Says:
    Obrigada pelo comentário no meu blog. Assim tive oportunidade de viajar até à tua poesia. Deixei este poema para comentar depois dos outros, eu odeio chuva, mas se a chuva me trouxer o que eu anseio, ela será sempre bem vinda!!Muitos beijos, gostei imenso de tudo o que li. Porque és um jovem, ainda, continua a escrever...são muito belos os teus poemas
  12. Tikinha Says:
    A Chuva pode ser sempre vista da forma que quisermos em momentos diversos mas sabe sempre bem quando vem por bem :)
  13. Bárbara Vale-Frias Says:
    Descoberto mais um blog de poesia :) Devo dizer-te que gosto de a ler, mas não a sei escrever. Por isso, deambulo pelas vossas palavras, que saltitam de rima em rima, e, por vezes, comento alguma que me marque mais.

    Cheguei até aqui através de um comentário teu no blog da Saltapocinhas :)

    Bjs e parabéns!
  14. Alma de Poeta Says:
    Lindo poema á chuva, que afinal já foi tudo isso e ciclicamente viverá de novo as mesmas etapas. O poema é lindo. Não sei se é original , mas estás de parabéns, tanto pela forma como pelo conteudo...adorei...fica um beijinho
  15. GNM Says:
    Muito obrigado pelo elogio!
    Todos são originais.

    Continua a sorrir...
  16. Aran Says:
    Olá! Vim espreitar o teu cantinho e surpresa, temos aqui mais poeta! Gostei do que aqui li... e obrigada pela visita... beijinhos
  17. SaltaPocinhas Says:
    olá! Vim agradecer e retribuir a tua visita.
    Gosto de ler poesia, mas não consigo comentar, não sei o que dizer...
    Mas vou ser visita assidua. Ser melancólico não faz mal nenhum a ninguém, mas não deixes descambar isso para o lado da tristeza, ok? és muito novinho para isso!
    bom domingo!
  18. Ermelinda Toscano Says:
    Lindo poema. Parabéns! Pelo excelente blog, também. E obrigada pela visita ao meu cantinho. A continuação de um bom fim de semana.
  19. I Says:
    A simplicidade das coisas belas emocionam-me sempre
  20. Fernando Palma Says:
    Estou lendo outros poemas seus e gostando muito. Vejo que tem habilidade com rimas, gostei muito deste. Bom demais!
  21. Anónimo Says:
    Where did you find it? Interesting read »

= Leave a Reply